By

O Escapulário do Carmo

   No dia 16 de julho de 1251, São Simão Stock suplicava a Nossa Senhora ajuda para resolver um problema da Ordem Carmelitana, da qual era o Prior Geral. Enquanto ele rezava, a Virgem apareceu- lhe, trazendo o Escapulário nas mãos, e disse essas confortadoras palavras: “Filho diletíssimo, recebe o Escapulário da tua Ordem, sinal especial de minha amizade fraterna, privilégio para ti e todos os carmelitas. Aqueles que morrerem com este Escapulário não padecerão o fogo do Inferno. É sinal de salvação, amparo e proteção nos perigos, e aliança de paz para sempre”. A Igreja assumiu o Escapulário e fez dele uma das devoções mais difundidas entre o povo de Deus.

   São Cláudio de La Colombière, afirma: “Não basta dizer que o Escapulário é um sinal de salvação. Eu sustento que não há outro que faça tão certa nossa predestinação”. 

 Dom Marcos Barbosa na obra “O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo”  narra que em Santo André (SP), uma menina de 5 anos caiu dentro de um poço de 20 metros de profundidade. Uma hora depois, foi encontrada boiando sobre a água, com o Escapulário no pescoço. A família, naturalmente, atribuiu o fato à proteção da Mãe do Carmelo.

   Em São Paulo, um jovem de 15 anos, ao atravessar de bicicleta uma via férrea, foi apanhado pelo trem. Passado todo o comboio, ele se levantou ileso e, beijando comovido seu Escapulário, exclamava: “Só tive tempo de gritar: ‘Nossa Senhora do Carmo!’ Foi o bentinho d’Ela que me salvou!”

   O Escapulário é um sinal de aliança com Nossa Senhora, e exprime nossa consagração a Ela. Seu uso é um poderoso meio de afervorar os que vivem em estado de graça e de converter os pecadores. Por isso, os Arautos do Evangelho convidam a todos a abraçarem esta aliança com a Mãe de Deus:

 Obra consultada: Revista Arautos do Evangelho, Jul/2004, n. 31, p. 18 a 20

By

Grupo de Crisma de Casa Forte visita os Arautos

28 de agosto de 2011

aer_7444

        Um grupo de preparação para o Crisma e seus catequistas, oriundos da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, no bairro de Casa Forte, fizeram uma visita à casa dos Arautos do Evangelho.

[SinglePic not found]

        Enquanto conheciam os ambientes da casa, foi-lhes explicado como é o dia-a-dia de um membro da instituição. Assistiram também a um vídeo sobre as atividades dos Arautos no Brasil e no mundo.

[SinglePic not found]

        A pedido dos catequistas, os Arautos fizeram uma reunião sobre a devoção à Nossa Senhora e o papel fundamental que ela exerce na vida de todo o batizado.

        A Santa Missa, celebrada pelo Pe. Santiago Canals, EP, tendo no serviço do altar o Diác. Célio Casale, EP, foi o ponto culminante da visita, no final da qual todos receberam o escapulário de Nossa Senhora do Carmo.

[SinglePic not found]

[Gallery not found]