By

Retiro para jovens em Aldeia

10 a 14 de fevereiro de 2018

Durante os dias do carnaval, os Arautos do Evangelho promoveram um retiro para jovens em Aldeia.

Oh, como é bom, como é agradável para irmãos unidos viverem juntos” (Sl 132, 1). Bem poderia aplicar-se essas palavras do Salmista a esses dias de convívio. A participação na Santa Missa era o momento principal do dia. As atividades intercalavam também momentos de oração em conjunto, adoração ao Santíssimo Sacramento, reflexões e conversas, além de jogos e competições esportivas.

Tudo isso propiciava uma ambiente onde se podia sentir a verdadeira felicidade daqueles que buscam a Deus e têm a consciência tranquila.

By

Viagem de Férias: Ponta Grossa, Curitiba, Joinville e Curupá

Depois dos dias abençoados do Curso de Férias, os jovens pernambucanos puderam conhecer algumas localidades do sul do Brasil, conhecendo as belezas postas por Deus na natureza, bem como as obras de arte feitas pelo homem.

A primeira cidade visitada foi Ponta Grossa, onde os viajantes foram muito bem recebidos na sede dos Arautos daquela cidade. Em seguida viajaram para Curitiba, onde visitaram alguns dos parques que tornam essa cidade famosa: o Jardim Botânico, a Ópera de Arame e o Parque Tianguá.

A última etapa da viagem foi no Estado de Santa Catarina, onde visitaram as cidades de Joinville e Corupá. Em Joinville, visitaram as alguns pontos turísticos da cidade e em Corupá visitaram a Rota das Cachoeiras: uma trilha no meio da Mata Atlântica, onde se podem admirar 14 cachoeiras.

By

Conhecendo os Arautos em São Paulo – II

É próprio do carisma de uma instituição exprimir-se através de manifestações exteriores, tanto no campo do pensamento e da espiritualidade, como também das artes, como a pintura e a arquitetura.

Procurando aprofundar-se no carisma dos Arautos do Evangelho, os jovens pernambucanos visitaram, durante os dias do Curso de Férias, várias casas dos Arautos do Evangelho na região.

Acompanhe as fotos.

By

Curso de Férias – continuação

17 a 20 de janeiro de 2018

Nas reuniões e peças teatrais do Curso de Férias, os jovens participantes puderam ver as lutas e provações que acompanham todo homem que deseja viver seriamente sua vocação cristã. Uma metáfora do Prof. Plínio Corrêa de Oliveira ajudou os jovens a compreenderem a importância e a necessidade das lutas na vida espiritual. Dr. Plínio imagina um hipotético marinheiro chamado a conquistar novas terras e traça um paralelo entre os diversos estados de espírito desse marinheiro com os de uma alma chamada a seguir um grande ideal. “Nós partimos para uma grande ‘navegação’, visando não a conquista de terras, mas a do Reino de Maria, a conquista das almas e dos corações para Nossa Senhora.”

Para Dr. Plínio, uma das tentações que pode passar uma alma assim chamada é a de perder de vista o ideal “Assim como há no homem reservas boas, provindas de sua própria natureza, que o levam a atender o convite das asas do anjo, existem também algumas ruins, as quais o induzem a permanecer na inércia. Movido por essas últimas, ele, embora não proteste, pensa: ‘Vou avançar em direção ao bem, mais tarde… ‘”

A fé e a confiança são os grandes sustentáculos para manter a fidelidade em meio à tormentas da vida espiritual. “Quando se é fiel à graça da vocação, juntamente com o imenso desejo de implantar o Reino de Maria, lateja no interior da alma um sentimento que equivale a uma promessa feita mais aos nossos olhos que aos ouvidos: ‘Verás o triunfo de Nossa Senhora. Teus olhos não se cerrarão sem teres contemplado a terra prometida, ou seja, o Reino de Maria. Poderá haver mais demora ou menos, um número maior ou menor de batalhas, pouco importa desde que esta certeza continue em teu espírito”.[1]

A sequência de reuniões e peças teatrais foi encerrada com chave de ouro com a solene entrada da imagem de Nossa Senhora do Bom Sucesso.

No sábado, todos puderam relembrar as graças recebidas nessa semana durante o almoço de despedida. Como lembrança desse dias de abençoado convívio, cada participante recebeu um porta-retratos com uma fotografia da imagem de Nossa Senhora das Vitórias.

[1] CORREA DE OLIVEIRA, Plínio. Nos mares do ideal. In: Dr. Plínio. São Paulo. Ano IX N.101 (Ago., 2006); p.18-23.