By

Em Maceió (AL), atividades evangelizadoras

Cooperadores dos Arautos do Evangelho na Procissão de Nossa Senhora dos Prazeres - Maceió - AL

Na capital alagoana um grupo de cooperadores dos Arautos do Evangelho têm realizado diversas atividades evangelizadoras, somando seus esforços à grande tarefa missionária para a qual são convocados todos os batizados, conforme nos ensina o Concílio Vaticano II:

“A missão da Igreja tem como fim a salvação dos homens, a alcançar pela fé em Cristo e pela sua graça. Por este motivo, o apostolado da Igreja e de todos os seus membros ordena-se, antes de mais, a manifestar ao mundo, por palavras e obras, a mensagem de Cristo, e a comunicar a sua graça.” (Decreto Apostolicam Actuositatem)

No dia 15 de Agosto, aniversário natalício do fundador dos Arautos do Evangelho, Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP, os cooperadores se reuniram na Paróquia do Menino Jesus de Praga para uma Missa em ação de graças.

A festa da padroeira da Maceió, Nossa Senhora dos Prazeres, foi ocasião para somarem seus esforços aos de toda igreja local para homenagear a Mãe de Deus. Os cooperadores dos Arautos estiveram presentes em inúmeros momentos da festa, ajudando na acolhida dos fiéis, com a doação e venda de lanches com o intuito de arrecadar fundos para a Arquidiocese e, revestidos de sua túnica característica, dar público testemunho de sua fé na procissão pelas ruas da capital.

Os cooperadores dos Arautos também promovem visitas aos enfermos, procurando levar o consolo de Cristo aos nossos irmãos sofredores.

By

Em Maceió, novos Cooperadores dos Arautos

15 de julho de 2017

Quatro fiéis foram recebidos como Cooperadores em Missa celebrada na sede dos Arautos do Evangelho em Recife. Provenientes de Maceió, tomaram contato com os Arautos através do núcleo de Cooperadores que, nessa capital, realiza diversas atividades evangelizadoras, colaborando nas atividades pastorais de várias paróquias.

Os Cooperadores dos Arautos do Evangelho são leigos casados ou solteiros que vivem no mundo, ou membros de outras associações ou movimentos apostólicos, que, além de observarem os preceitos e deveres próprios a seu estado, esforçam-se por viver em conformidade com o carisma e a espiritualidade da Associação, dedicando a ela seu tempo livre e se comprometendo a cumprir certas obrigações.

By

Arautos do Evangelho recebem nova cooperadora

23 de junho de 2017

Recepção de nova Cooperadora dos Arautos do Evangelho - Recife - PE

Mais uma cooperadora foi aceita entre os membros dos Arautos do Evangelho. Na solenidade litúrgica do Sagrado Coração de Jesus, a nova candidata fez o seu compromisso de cooperadora e foi revestida com a capa característica dos Cooperadores dos Arautos do Evangelho.

Os Cooperadores dos Arautos do Evangelho são leigos casados ou solteiros, que em suas vidas cotidianas levam o carisma dos Arautos. Além de seus deveres familiares ou profissionais, dedicam parte de seu tempo a atividades de evangelização.

By

RETIRO DE CARNAVAL 2017

Retiro de Carnaval - Arautos do Evangelho - Recife - 2017

25 a 28 de fevereiro de 2017

Com a participação de mais de 70 pessoas, entre terciários, familiares, frequentadores e simpatizantes, realizou-se nos dias de 25 a 28 de fevereiro de 2017, na Colônia Salesiana em Jaboatão dos Guararapes, o Retiro de Carnaval 2017 dos ARAUTOS DO EVANGELHO para as famílias.

Com o tema IMITAÇÃO DE CRISTO, CAMINHO PARA A NOSSA SALVAÇÃO, extraído do livro IMITAÇÃO DE CRISTO, obra do século XV de autoria do Padre Tomás de Kempis, o Diácono Thiago de Oliveira Geraldo, EP, expôs, em 11 palestras os principais pontos da obra a serem aplicados na vida cotidiana para a vivência plena do apostolado e a salvação da alma.

Dentre os pontos abordados, pode-se destacar como imitação de Cristo: o desprezo de todas as vaidades do mundo; como se evitar o juízo temerário; sofrer os defeitos dos outros; a vida interior; da mente pura e da intenção simples; o amor à cruz de Jesus; a comunicação íntima de Cristo com a alma fiel; como o amor próprio afasta no grau máximo do sumo bem; evitar o desânimo quando se cai em algumas faltas; o valor da missa segundo Padre Pio.

Além das palestras e dos momentos de reflexão sobre os pontos apresentados, o retiro contou com diversas outras atividades como missas diárias, recitação diária do terço, Via Sacra, encenação de peça teatral retratando a infinita misericórdia de Deus, atendimento de confissões e procissão.

Distantes da agitação do carnaval e isolados de um mundo cada vez mais ateu, o resultado colhido pelos participantes foi de grande proveito para a vida espiritual e para o Tempo da Quaresma. Com isso, cada cristão poderá ser mais plenamente “outro Cristo”.