By

Santa Margarida da Escócia

Santa_Margarida_da_Escocia

A Igreja comemora no dia 16 de novembro a festa de Santa Margarida, nascida na Hungria e casada com rei Malcom III, da Escócia.  Procurou sempre a concórdia do reino e da Igreja através do exercício de uma profunda vida interior e do jejum aliados à generosidade em relação aos mais necessitados. Deu à luz a oito filhos. Foi exemplo insigne de esposa, mãe e rainha. É conhecida como a “pérola da Escócia”, além de ser a sua padroeira.

Santa_Margarida_da_Escocia_2

Entre os fatos que ilustram a vida de piedade desta santa rainha aliada ao modelar desvelo pela educação dos filhos, encontramos o constante desejo de dar o bom exemplo para eles, bem como para todos os seus súditos. Às vezes passava noites em vigília em diversos exercícios de piedade. Em sua capela chegava a assistir quatro a cinco missas seguidas. Ao entrar em qualquer recinto sagrado, sempre procurava aliar o devoto recolhimento à solene compostura, sobretudo durante a celebração do Santo Sacrifício a fim de educar seus filhos na virtude, inclusive pelos gestos. Nesse sentido, certo habitante de Edimburgo chegou a comentar a um amigo: “Queres saber como os anjos rezam no céu, procure observar a Rainha e seus filhos na Igreja”.

Por favor, deixe um comentário