By

O que é o Ócio?

16 bosco

Vamos ver o que São João Bosco em sua insigne sabedoria nos diz sobre esta pequena palavra, que contém grandes malefícios, o ócio, falta de ocupação. Acompanhemos!

São João Bosco:

O laço principal que o demônio coloca para a juventude é o ócio, origem funesta de todos os vícios. Convencei-vos de que o homem nasceu para o trabalho, e quando procura fugir dele, está fora de seu centro, e corre grande risco de ofender a Deus.

        O ócio é, segundo o Espírito Santo, o pai de todos os vícios, e o trabalho os combate e vence a todos. O maior tormento dos condenados no inferno é o pensar que perderam o Céu por ter passado na ociosidade a maior parte do tempo que Deus lhes havia dado para salvar-se. Pelo contrário, não há maior consolo para os bem-aventurados no Paraíso, que o lembrar-se de que um pouco de tempo empregado em servir a Deus lhes valeu a eterna felicidade.

        Não pretendo com isso que vos ocupeis desde a manhã até a noite sem descanso algum; pelo contrário, eu vos concedo com gosto as diversões próprias à vossa idade, nas quais não ofendais a Deus. Sem embargo, não cessarei de recomendar-vos com preferência aquelas coisas que, servindo-vos de recreação, possam ser-vos de alguma utilidade, como por exemplo: O estudo da história, da geografia, das artes mecânicas e liberais, os trabalhos manuais, etc, com os quais podeis recrear-vos, adquirir conhecimentos úteis e contentar a vossos superiores.

         Ademais podeis também divertir-vos com jogos e entretenimentos lícitos, úteis para recrear o espírito e o corpo; mas não tomeis parte neles, sem haver antes pedido a devida licença. Preferi os que requerem agilidade e destreza corporal, por ser os mais convenientes para a saúde. Evitai os enganos, os subterfúgios, as pequenas fraudes, os jogos de mãos e as palavras que ocasionem discórdias e ofendam a vossos companheiros. Tanto no jogo como na conversação ou no cumprimento de qualquer dever, levantai de vez em quando vossos corações a Deus, e oferecei tudo a Sua maior honra e glória. Omnia in gloriam Dei facit, diz São Paulo.

         Interrogado uma vez São Luís, enquanto jogava alegremente com seus amigos, sobre o que faria se lhe aparecesse um Anjo para adverti-lo de que, passado um quarto de hora, deveria comparecer ante o tribunal de Deus, o santo respondeu, sem vacilar, que continuaria jogando, pois cria com aquela ação agradar ao Senhor.

         O que vos recomendo com maior insistência, em vossos recreios e passatempos, é o fugir, como da peste, dos maus companheiros.

Fonte: A juventude instruída de São João Bosco

Por favor, deixe um comentário