By

Projeto Futuro e Vida

                 O Projeto Futuro & Vida é uma iniciativa dos Arautos do Evangelho, uma Associação Católica de Direito Pontifício, aprovada pelo Papa João Paulo II no dia 22 de fevereiro de 2001. Composta em grande parte por jovens (moças e rapazes), os Arautos do Evangelho realizam inúmeros projetos culturais e sociais.

                 Sua atuação se estende por mais de 70 países das três Américas, Europa, Ásia e África, onde, através da música, do teatro e do esporte, transmitem uma mensagem de alegria, de paz e de esperança.

                Atuando especialmente no campo da cultura, os Arautos do Evangelho empreendem um grande leque de atividades em prol da sociedade, empregando um forte empenho na boa formação da juventude.

                  Pela variedade dos meios de atuação, procuramos tornar acessível projetos de alta qualidade a todas as camadas sociais, contribuindo na elevação do nível cultural como fonte de informação. Para tanto, percorremos teatros, televisões, escolas, hospitais, asilos, orfanatos, presídios, catedrais, estádios, etc.

                 O Projeto Futuro & Vida é uma forma inédita de apoio e conta com a participação de alunos das escolas em que inicialmente foi realizado esse projeto.
Oferecendo assim uma representação teatral, envolvendo valores, entre outros de: ética, moral, história e cidadania.

                Os alunos sorteados participam de um ciclo de atividades no Centro Juvenil dos Arautos, que consta de oito eventos (dois eventos por semana ao longo de um mês), realizados aos sábados e domingos com atividades de música, teatro e defesa pessoal.

                    Motivar o jovem a desenvolver a sua cultura e o gosto pelas artes cênicas e musicais, através de um ensino vivo e rico em ética, história e cidadania; oferecer o esporte como meio de lazer, ajudando na formação de “uma mente sã num corpo sadio”.

                  Esta atividade cultural-humanitária visa incutir no coração de cada aluno um sádio ideal, para que ele se torne um difusor desses valores na sociedade. Damos com isso, uma oportunidade para melhorar o rendimento escolar, a qualidade de vida e a inclusão social. Visamos que o aluno seja um multiplicador, comunicando para a própria escola e para a sociedade o que aprendeu conosco, melhorando seu desenvolvimento como qualidade de vida.

                  “Nosso objetivo é dar aos alunos uma ocupação, pois onde há desocupação, aí está o perigo. É preciso ocupar o jovem, mas ocupá-lo com atividades elevadas da arte e da cultura, do pensamento e das idéias sadias. Queremos a salvação da juventude!”(Mons. João S. Clá Dias)

Por favor, deixe um comentário